Após curso, confeiteira participa de competição na TV e ganha prêmio

A trajetória de sucesso da moradora de Serra Dourada I começou quando ela se matriculou no curso de qualificação gratuito oferecido pela Prefeitura da Serra
Após curso, confeiteira participa de competição na TV e ganha prêmio
TEXTO: Samantha Dias   FOTO: Everton Nunes/Secom-PMS

Em 2017, Sara Silva Graciano, hoje com 25 anos, fez o curso de confeitaria oferecido gratuitamente pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra, após decidir que precisava mudar os rumos de sua carreira profissional. Seu trabalho e dedicação com os bolos nos últimos 2 anos foram reconhecidos com sua participação numa disputa entre confeiteiros promovida por uma emissora de TV, onde Sara conquistou o segundo lugar.

A trajetória de sucesso da moradora de Serra Dourada I começou quando ela se matriculou no curso de qualificação gratuito. Atuando no mercado de venda há anos, ela conta que estava saturada do ramo. “Eu trabalhava 24 horas por dia, não tinha sossego nem nas minhas férias, eu não queria mais essa vida, queria buscar outra coisa para fazer. Foi aí que fiquei sabendo do curso oferecido pela prefeitura e consegui uma vaga", disse.

Antes de fazer o curso, Sara não tinha nenhum conhecimento na área e nunca tinha feito nada na cozinha. Quando as aulas acabaram, ela tinha conhecimento teórico e prático, mas não tinha experiência. Foi aí que a experiente amiga Rosemara, que já trabalhava com doces, passou a ir à casa de Sara todos os dias, durante alguns meses, para compartilhar dicas e ajudá-la a ganhar segurança.

Depois disso, Sara deslanchou e passou a preparar bolos, doces, casadinhos e muito mais para vender aos vizinhos, amigos e também de porta em porta no comércio de Laranjeiras. Desde que saiu do emprego na área de vendas, ela vive exclusivamente da venda dos produtos, e chega a fazer, em média, 6 bolos por semana, além dos doces e biscoitos. Sua renda mensal é de, aproximadamente, R$1.600.

“Eu me redescobri na confeitaria. No começou, eu gostava do meu trabalho com vendas, mas já estava afetando a minha saúde. Agora, trabalho com amor e tranquilidade”, conta.

A experiência adquirida nos últimos anos e o incentivo da amiga a levaram a se inscrever numa disputa de confeitaria promovida por uma emissora de televisão do Estado. Entre mais de mil inscritos, Sara foi um dos dez selecionados e, de março a maio deste ano, ela se arriscou na competição fazendo variadas receitas e mostrando seu talento a jurados renomados do ramo da confeitaria. Após disputar inúmeras provas, Sara conquistou o segundo lugar da competição, recebendo um prêmio em dinheiro no valor de R$ 3 mil, além de diversos produtos.

“Entrar na disputa foi muito bom. Aprendi a trabalhar em grupo, a lidar com pessoas diferentes, a ter jogo de cintura diante de situações adversas, a ser centrada, ter calma e equilíbrio para fazer as receitas”.

A participação no programa trouxe muitos resultados positivos, segundo ela, que viu o número de encomendas aumentar e está motivada a alvançar novos objetivos. “Já estou em contato com o Centro Integrado de Apoio à Micro e Pequena Empresa da Serra para conseguir o meu registro de Microempreendedor Individual (MEI). Quero ter um ponto de comércio para vender meus produtos. Quero estar na rua para o cliente me ver. Tenho certeza que vou me destacar”, contou.