Espelho mágico desperta autoestima de alunos na Serra

O projeto de espalhar espelhos pela escola para incentivar que os alunos se olhem e se admirem foi implantado há um ano
Espelho mágico desperta autoestima de alunos na Serra
TEXTO: Rafael Ferraz   FOTO: Everton Nunes/Secom-PMS

“Espelho, espelho meu, existe alguém mais belo do que eu?” A resposta é não! É assim que a pequena Ana Carolina Ribeiro, de 8 anos, se expressa ao descobrir que é única no mundo, em um dos espelhos colocados no pátio da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aldary Nunes, na Serra. Os espelhos fazem com que cada criança enxergue seu potencial.

O projeto de espalhar espelhos pela escola para incentivar que os alunos se olhem e se admirem foi implantado há um ano e traz resultados positivos para a autoestima dos estudantes. Ana Carolina, por exemplo, começou a gostar mais do próprio cabelo, se aceitando, o que melhorou a convivência com os outros alunos.

A diretora da escola, Silvani Ferreira, afirma que muitos estudantes apresentaram melhora significativa no aprendizado em sala de aula, inclusive. “É a partir desses espelhos que os alunos despertam o que têm de mais valioso, a felicidade de se amar. Além disso, quando uma criança se sente triste é papel do professor lembrá-la do que realmente importa. Os espelhos ajudam nessa tarefa”, completou.

Para o secretário de Educação da Serra, Gelson Junquilho, essa é uma das pequenas atitudes de professores que podem mudar o futuro das crianças.

“Quando o aluno aceita a diversidade na sala de aula, ele abre as portas para conhecer o mundo de pessoas diferentes. Isso é muito importante para nós”, disse Junquilho.

Os espelhos têm várias formas: redondos, quadrados, retangulares, e são fixados em pontos e alturas diferentes, para que todos os alunos tenham a oportunidade de se ver todos os dias, e lembrarem de se gostar. “Com essa postura de autoestima, eles podem até mudar o mundo, quem sabe”, destaca Silvani.