Mais de 300 jovens recebem certificado em empreendedorismo

O projeto é uma parceria da Estação Conhecimento com a Prefeitura da Serra.
Mais de 300 jovens recebem certificado em empreendedorismo
TEXTO: Djeisan Lettieri   FOTO: Divulgação/PMS

A noite desta quarta-feira (25) foi de comemoração para cerca de 301 jovens que receberam o certificado do projeto Empreendedores do Futuro na Serra. São meninos e meninas, com idades entre 14 e 18 anos, que, por meio de um curso, tratam de questões como autoestima, habilidades pessoais, potencial, autoconhecimento, mercado de trabalho e o passo a passo para criar uma empresa.

O projeto é uma ação da Estação Conhecimento, uma iniciativa da Vale e conta com o apoio da Prefeitura da Serra. Com atuação há cinco anos, já capacitou mais de cinco mil jovens.

Durante a cerimônia de entrega dos documentos, que aconteceu na Estação, em Cidade Continental,  o Prefeito Audifax Barcelos pontuou que,  além de proteger as crianças e adolescentes do risco social, o projeto contribui para o desenvolvimento pessoal e profissional de cada um”.

Também na ocasião, a secretária de Assistência Social da Serra, Elcimara Rangel, destacou que o Empreendedores do Futuro trabalha também o empoderamento das famílias dos adolescentes. “ Há um resgate da autoestima. Isso gera mudança de comportamento e uma nova forma de inserção na sociedade”, disse Rangel

Os jovens são encaminhados pelo Cras, que atende a região, ou pelo Serviço de Fortalecimento de Vínculo e Convivência, outra parceria da Estação com a Prefeitura.

O Projeto

Segundo a diretora executiva da Estação Conhecimento, Ana Angélica Motta, o curso é uma imersão de dois meses e inclui três módulos: autoconhecimento, em que identificam as próprias habilidades, potencialidades e fragilidades; relação com a comunidade, em que realizam um projeto voluntário no entorno e ainda o mundo do trabalho, por meio do qual aprendem sobre currículo e comportamento em entrevista, dentre outros assuntos.

Ao final dos módulos, cada turma constrói uma mini empresa estudantil que vai comercializar um produto específico em Feria anual, promovida pelo projeto. Mercadorias como capa para celular, aromatizador de ambiente,  luminárias, dentre outros, são expostos no evento.

O principal objetivo do Programa, segundo Ana Angélica,  é preparar esses adolescentes para as escolhas  profissionais que farão e ainda traçar um planejamento para alcançar seus objetivos. “Ao final das atividades, traçamos, junto com eles, um plano de vida.  Tem gente que precisa sair logo pra trabalhar, então buscamos um estágio ou uma vaga de emprego. Outros querem fazer um curso técnico ou faculdade, então buscamos informações sobre bolsas, por exemplo. O plano é de acordo com que cada um está vivendo e quer viver”, informa Motta.