Prefeitura já limpou ponto viciado de entulho 27 vezes neste ano

Na sexta-feira (24), foram retiradas 19 toneladas de entulho do local

Prefeitura já limpou ponto viciado de entulho 27 vezes neste ano


Texto: Eduardo Candeias - Foto: Everton Nunes/Secom-PMS

Vinte e sete. Essa foi a quantidade de vezes que a Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria de Serviços (Sese), realizou, somente neste ano, a limpeza de um ponto viciado de entulho, próximo a um condomínio na Avenida Norte Sul, no bairro Manoel Plaza. Do local, já foram retiradas, aproximadamente, 460 toneladas de entulho nos primeiros cinco meses de 2019.

Em uma das limpezas, realizada no dia 5 de abril, foram retiradas cerca de 10 toneladas de entulho. Três dias depois, o local já estava sujo novamente. No dia 24 de maio, foram retiradas 19 toneladas de materiais.

De acordo com o secretário de Serviços, Igor Elson B. de Almeida, a população tem um papel importante na luta contra o descarte irregular de resíduos. “É importante que a comunidade saiba onde e como colocar seu lixo e que denuncie sempre o descarte irregular, que é prejudicial para toda a população”, afirma.

Os moradores podem realizar denúncias com fotos e vídeos de flagrantes de irregularidades para o WhatsApp (27) 99976-2595.

Números

Quase cem mil toneladas foi a quantidade de entulho retirada das ruas da Serra em 2018. No ano anterior, foram recolhidas mais de 70 mil toneladas.

A Prefeitura realiza, por meio do trabalho integrado de secretarias – como Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente, Serviços e Defesa Social – um programa de combate ao descarte irregular de entulhos. Além de blitze para vigiar o transporte de entulho no município, estão sendo feitas limpezas dos terrenos e campanhas de conscientização. Houve incremento da fiscalização para combater os infratores.

Em 2018, os frutos dessa operação em conjunto foram 186 multas a pessoas físicas e jurídicas que descartaram entulho em locais irregulares, no valor de R$ 1.180.000. Os bairros com maior número de ocorrências foram: Civit I, Jardim Limoeiro e Novo Porto Canoa, com 15 ocorrências cada. Em segundo lugar, com 10 ocorrências, ficou Solar do Porto.

Disposição correta

Os pequenos geradores de entulho podem descartar o material em uma de nossas Áreas de Transbordo e Triagem (ATT): o Projeto João de Barro, localizado na Av. Domingos José Martins, no bairro Novo Porto Canoa; e a ATT Barcelona, Av. Região Sudeste, a 500 metros da BR-101, próximo ao Posto BKR, de segunda a sábado, das 8 às 17h. Cada morador pode levar, no máximo, 15 sacos de ráfia ou 15 carrinhos de mão de entulho, por dia.

Para descartar mais de 15 sacos de ráfia, o morador precisa contratar uma caçamba e tem de dar a destinação final correta para o entulho, conforme prevê a lei 4.764, de 28 de dezembro de 2017, que estabelece multa de até R$ 2.224 para quem não cumpre as regras.