Projeto Catador reaproveita mais de 2,5 toneladas de resíduos

O projeto funciona há quatro meses
Projeto Catador reaproveita mais de 2,5 toneladas de resíduos
TEXTO: Djeisan Lettieri   FOTO: Divulgação/PMS

Reduzir o volume de lixo que é depositado nos aterros sanitários e ainda gerar renda.  Essa é a proposta do Projeto Catador (Procat) implantado pela Prefeitura da Serra em parceria da Associação de Catadores de Material Reciclável (Amarvila). Por meio do projeto, em quatro meses, mais de 2,5 toneladas de resíduos que iriam para os aterros, foram destinados à reciclagem.

Grande parte do material é coletado pela Prefeitura nos Locais de Entrega Voluntária (LEV’s) e entregue na Amarvila, onde é triado, prensado e armazenado para a venda. Todo o rejeito gerado por essa atividade é recolhido pela administração municipal e enviado ao aterro sanitário juntamente com os demais resíduos sólidos domésticos.

O Procat funciona em Vila Nova de Colares e atualmente trabalha com seis associados por meio da Amarvila, que foi criada em de abril de 2015 como uma das ações do Procat.  Os associados já passaram por capacitação em gestão de resíduos sólidos e também foram cadastrados no Cadúnico.