Pular carnaval pode gastar até 800 calorias

Desfilar na avenida defendendo a escola de samba também exige mais esforço dos foliões, e por isso, gasta-se até 700 calorias.
Pular carnaval pode gastar até 800 calorias
TEXTO: Amanda Amaral   FOTO: Jansen Lube/Secom-PMS

Frevo, bailes com marchinhas, correr atrás do trio elétrico e desfilar na avenida do samba. Há várias formas de pular o Carnaval, e também de perder calorias.  Pode-se perder até 800 calorias durante uma hora na folia.

É o caso do frevo, com o qual pode se queimar até 800 calorias num ritmo intenso. “Esse gasto calórico é estimado em uma hora de atividade, ou seja, de dança contínua, mas nem sempre isso acontece, pois as pessoas param para conversar, comer e se hidratar”, explicou o professor de Educação Física do Programa de Orientação ao Exercício Físico da Serra (Proef), Marcelo Teixeira.

Ele lembra que as informações com relação ao gasto calórico vão variar de acordo com alguns aspectos, como fantasia e temperatura do ambiente, e variam também de acordo com o peso, idade e sexo da pessoa.

“Esses valores de gastos calóricos levam em consideração normalmente um homem de estatura média, ou seja, de 1,70m de altura e 70 quilos”, explicou.  

Desfilar na avenida defendendo a escola de samba também exige mais esforço dos foliões e, por isso, gasta-se até 700 calorias. Aqueles que correm atrás do trio elétrico, os fãs do axé, chegam a queimar 500 calorias. O mesmo vale para os blocos de rua.

Já um Baile de Marchinhas, onde as pessoas têm opção de se sentarem e o ambiente é fechado com controle da temperatura, gasta-se em torno de 400 calorias.

Dicas para pular o carnaval:

- Use roupas leves e escolha calçados confortáveis que não machuquem o pé ou causem bolhas.

- Beba bastante água, e lembre-se que refrigerante e suco não substituem água.

- Nos desfiles, se possível, faça alongamento antes e depois de atravessar a avenida.

- Evite comidas pesadas antes de cair na folia. como feijoada, por exemplo. Opte por saladas e frutas da estação.

- No pós-folia, opte por alimentos diuréticos como abacaxi, por exemplo, e sucos detox para desintocixar o organismo.

Proef

E se depois do carnaval o folião quiser entrar no ritmo dos exercícios, pode procurar o Proef. O programa, que existe desde 2002, tem aproximadamente 4 mil alunos cadastrados e realiza em média 20.000 atendimentos por mês, em mais de 40 locais da Serra.

Para se cadastrar no Proef, o morador deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência, ou um dos polos de atividade física, como o Parque da Cidade, Centro de Vivência ou o Comitê do Idoso, por exemplo.