Serra é a 10ª cidade do país que mais criou empregos em 2018

Foram 5.178 novos postos de trabalho em doze meses

Serra é a 10ª cidade do país que mais criou empregos em 2018


Texto: Samantha Dias - Foto: Samantha Dias

A Serra está entre os dez municípios do Brasil que mais abriram vagas de emprego no ano de 2018. Foram 5.178 novos postos de trabalho em doze meses, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

O município ocupa a décima posição na lista que engloba todas as cidades do país com mais de 30 mil habitantes analisadas no levantamento. É o único município do Estado a constar nas 20 primeiras colocações da lista. O saldo considera o número de admissões (de 57.900) menos o número de desligamentos (52.722).

O prefeito da Serra Audifax Barcelos comemorou os resultados e disse que eles mostram o olhar atencioso e esforçado da administração municipal em promover políticas e ações que aumentem a geração de emprego e renda para os moradores.

“Somos a cidade que, apesar das adversidades, continua investindo em obras, que geram empregos. Temos propostas de incentivos fiscais para atrair empresários para o município, além dos próprios atrativos da cidade, por sua localização e tamanho. São vários fatores que, juntos, contribuem para esse destaque. E a atuação do Sine é forte para preencher essas vagas com profissionais capacitados do município”, afirmou o prefeito.

O desempenho do município ao longo do ano já sinalizava o bom resultado que fecharia de 2018. Na maioria dos meses, a Serra apresentava, no acumulado, o melhor saldo do Estado.

Confira o ranking:

  • São Paulo – 58.357
  • Belo Horizonte – 29.330
  • Brasília – 16.937
  • Curitiba – 13.681
  • Joinville – 9.094
  • Fortaleza – 7.911
  • Ribeirão Preto – 6.958
  • Goiânia – 6.504
  • Salvador – 6.033
  • Serra – 5.178

 

Brasil

Em todo o país, no ano passado, o saldo de emprego formal ficou em 529.554  novos empregos. Os setores que mais contribuíram com esse número foram comércio e serviços.

No Espírito Santo, o saldo de 2018 ficou em 17.455. Ou seja, a Serra é responsável por quase 1/3 de todas as vagas abertas no Estado.

Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda (Seter)

Boa parte dessas vagas são captadas e oferecidas pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), por meio do Sine. De janeiro a novembro do ano passado, foram captadas 5.464 vagas junto às empresas, que contam com encaminhamento de profissionais capacitados e preparados para assumir a função. 

São oferecidas vagas em cursos de qualificação em diferentes áreas, de acordo com a demanda dos contratantes e interesse dos trabalhadores. Além disso, os profissionais recebem Orientação Profissional, com dicas importantes para o processo seletivo, o que ajuda a garantir um bom desempenho em entrevistas e dinâmicas em grupo e, efetivamente, a contratação. 

Outro importante projeto para aumentar a inserção de moradores da Serra no mercado de trabalho é o Sine Móvel, que leva as vagas de emprego para bem perto do trabalhador, estacionando uma vez por semana em um bairro diferente. 

Comodidade e facilidade também são características da Central do Empregador, espaço próprio criado no Sine adaptado para atender às necessidades dos recrutadores, pois permite, por exemplo, que sejam feitas entrevistas individuais e dinâmicas de grupo com os candidatos em ambientes reservados.