Subsecretária de Combate à Corrupção toma posse

Neste mês, a advogada Patrícia Siqueira assumiu o cargo de subsecretária com a missão de fortalecer a política de transparência do município
Subsecretária de Combate à Corrupção toma posse
TEXTO: Rafael Ferraz   FOTO: Bianca Nascimento

A recém-criada Subsecretaria de Transparência e Combate à Corrupção já começa a ganhar a estrutura formatada pelo prefeito Audifax Barcelos. Neste mês, a advogada Patrícia Siqueira assumiu o cargo de subsecretária com a missão de fortalecer a política de transparência do município. Segundo Patrícia, o objetivo é promover o intercâmbio contínuo com outros órgãos, considerando informações estratégicas para a prevenção e o combate à corrupção.

A nova estrutura foi criada por meio do Projeto de Fortalecimento e Reestruturação Organizacional do Controle Interno do Poder Executivo, em parceria com o Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

Patrícia Siqueira é graduada em Direito pela Universidade de Vila Velha e pós-graduada em gestão pública pelo Instituto Federal do Espírito Santo. Com um currículo extenso, ela carrega diversos conhecimentos nas áreas de gerenciamento de contratos na administração pública, fiscalização de contratos públicos, gestão de convênios, prestação de contas, licitações públicas, entre outros.

Sua carreira começou na Prefeitura de Vila Velha, sendo assessora da Procuradoria Geral do município e também no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (IASES), onde exerceu o cargo de subgerente de controle interno.

A habilidade para aprimorar os serviços existentes também será utilizada pela subsecretária. Uma das ideias que colocará em prática será a criação de um banco de dados com os protocolos da ouvidoria. “A partir de uma reclamação nós conseguimos saber em qual ponto do município há mais gargalo. A ideia é criar uma gestão estratégica de tomadas de decisões da prefeitura”, completou.

Além disso, a Prefeitura da Serra participará de um sistema nacional de empresas inidôneas. O cadastro gerenciado pela Controladoria Geral da União permite que órgãos públicos tenham acesso a informações sobre as empresas que estão com a ficha limpa para participar de licitações. “A Serra terá um controle ainda maior no combate a empresas que não realizam um bom serviço”, afirma.

A Serra é o primeiro município do Espírito Santo a realizar o Projeto de Fortalecimento e Reestruturação Organizacional do Controle Interno do Poder Executivo, em parceria com o Ministério Público do Espírito Santo (MPES). Por isso, servirá de modelo de funcionamento para as demais cidades.