Veja como denunciar violência e assédio contra mulher durante o feriado

Denúncias podem ser feitas à Polícia Militar (no número 190), Polícia Civil (181) e Disk-Denúncia (180), que vão funcionar 24 horas, dando instruções
Veja como denunciar violência e assédio contra mulher durante o feriado
TEXTO: Secretaria de Comunicação   FOTO: Divulgação

Carnaval é tempo de alegria e brincadeiras! Mas nem tudo é festa quando o que, para alguns, pode parecer “brincadeira”, na verdade, é assédio ou violência contra mulheres.

Durante esses dias de folia, mulheres vítimas ou que presenciarem situação de violência física, moral, patrimonial ou sexual devem procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Vitória, que vai estar de plantão 24 horas por dia para receber as denúncias.

A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres (Seppom) da Serra, Luciana Malini, disse que as moradoras do município também podem ligar para a Polícia Militar (no número 190), Polícia Civil (181) e Disk-Denúncia (180), que também vão estar funcionando 24 horas, dando instruções. É possível, ainda, procurar ajuda com a Guarda Municipal para orientações.

“Mas as denúncias serão feitas somente na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Vitória, localizada na Ilha de Santa Maria”, disse Luciana.

Ainda de acordo com a secretária, ao final do Carnaval, é enviado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da Serra, localizada no bairro Boa Vista, o relatório dos atendimentos para investigação dos casos.

 

Serviços:

Telefones 190 (Polícia Militar)

180 (Disk-Denúncia)

181 – Polícia Civil

Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Vitória- 3323-4045. Endereço: Rua Hermes Curry Carneiro, 350, Ilha de Santa Maria, em Vitória. Denúncia da própria vítima, presencial.