Alunos da Serra vão ter aulas de honestidade, respeito e até meditação

O programa envolve todos os profissionais da escola, alunos, pais e responsáveis e tem o objetivo de ampliar as relações entre escola e família
Alunos da Serra vão ter aulas de honestidade, respeito e até meditação
TEXTO: Jéssica Romanha   FOTO: Jansen Lube

Na sala de aula, além das disciplinas tradicionais como português e matemática, os estudantes da Serra ganham um espaço dedicado às práticas de valores humanos como verdade, paz, amor, ação correta, conduta pacífica e até meditação.

O Programa Educação em Valores Humanos foi lançado nesta terça-feira, dia 16, e vai trabalhar temas voltados para o convívio harmônico entre as pessoas, como ética, solidariedade e amor ao próximo.

Durante o evento de lançamento o Prefeito da Serra, Audifax Barcelos, afirmou estar muito feliz com a concretização do programa. “Acredito nos bons resultados desse programa para a sociedade”, frisou.

Segundo a secretária municipal de Educação, Márcia Lamas, o programa envolve todos os profissionais da escola, alunos, pais e responsáveis e tem o objetivo de ampliar as relações entre escola e família.

“Esse projeto é um dos maiores programas de promoção da paz, em que são trabalhados valores como amor, verdade, não violência, boa conduta, coletividade e cuidado. O objetivo é que esses mesmos valores ultrapassem os muros e alcancem a comunidade, melhorando sua compreensão da importância da educação, da escola e dos professores”.

A iniciativa da Prefeitura da Serra é pioneira no Espírito Santo e representa a verdadeira revolução no sistema de ensino. Com foco na formação do caráter do indivíduo, o Programa Educação em Valores Humanos apresenta propostas pedagógicas com foco na vivência, compreensão e aquisição de valores.

A empresa ArcelorMittal Tubarão é parceira na implantação do programa, contribuindo nas ações que valorizam uma educação voltada a formação integral do ser humano.

“A criança aprende a se amar e depois compartilha com o mundo; aprende a lidar com suas emoções para depois ter sucesso na vida”, disse Márcia Lamas.

O presidente da ArcelorMittal Brasil, Benjamin Baptista Filho, destacou que educação de qualidade é a principal ferramenta para transformar o mundo em um lugar melhor. “Entendemos que programas como esse são criados para perdurar e precisa do apoio de toda a sociedade”.

 

O programa

O programa Educação em Valores Humanos é aberto para todas escolas que quiserem aderir ao programa. Nas escolas onde o Programa é desenvolvido, o estudante vivencia desde cedo a prática dos 5 valores fundamentais à construção de um caráter sólido, por meio de uma educação voltada para o coração, dando ênfase ao conhecimento que vem de dentro, onde está a fonte de toda sabedoria.

Os 5 valores: verdade, paz, amor, ação correta e conduta pacífica.

A partir das próximas semanas: 20 escolas (10 mil alunos) já vão colocar em prática as ações do projeto.

Os ensinamentos: serão trabalhados de maneira interdisciplinar, paralelamente aos ensinos de português, matemática e outros.

Haverá oficinas com pais: para estimular a participação dos pais na vida emocional e intelectual dos filhos sensibilizando-os de que pequenas práticas diárias do amor contribuem ativamente para a saúde integral da família. O amor une, exorta, cuida e promove.

Números:

Nos 5 anos de Execução do Programa, alcançamos:

  • 4.024 profissionais com formações pedagógicas em Valores Humanos;
  • 45.363 estudantes com vivências dos valores nos conteúdos e no cotidiano escolar e familiar;
  • Em 2012, a redução da evasão escolar para a significativa marca de 0,5%, um dos menores índices do país e uma permanência de 99,5% dos estudantes em sala de aula;
  • O reconhecimento pela UNESCO, em 2011, como uma das dez maiores ações de promoção da paz no mundo, que o avaliou como um programa importante para garantia de bons índices de aprendizagem e reconhecimento da Educação como um direito;
  • A secretária Marcia Lamas recebeu o Prêmio “Gente que Transforma o Amanhã”, em 2013, pela ArcelorMittal Foundation, pela realização do programa na Serra.