Praias da Serra são opções de lazer para o feriado prolongado

Para garantir a diversão e a tranquilidade dos banhistas, a Prefeitura da Serra disponibiliza 36 guarda-vidas distribuídos em 20 pontos ao longo do litoral serrano, nos balneários de Carapebus, Bicanga, Manguinhos, Jacaraípe e Nova Almeida
Praias da Serra são opções de lazer para o feriado prolongado
TEXTO: Marcos Sacramento   FOTO: Jansen Lube

O feriado da Semana Santa está chegando e uma ótima opção de lazer são as praias do litoral da Serra. Com 23 quilômetros de litoral, o município tem praias para todos os gostos. Manguinhos e Bicanga têm águas calmas e são ideais para famílias com crianças. Carapebus e Jacaraípe, por outro lado, são as preferidas dos praticantes de surf e bodyboard.

Para garantir a diversão e a tranquilidade dos banhistas, a Prefeitura da Serra disponibiliza 36 guarda-vidas distribuídos em 20 pontos ao longo do litoral serrano, nos balneários de Carapebus, Bicanga, Manguinhos, Jacaraípe e Nova Almeida.

A presença dos profissionais indica mais segurança para quem for desfrutar de um banho de mar. “Os locais mais tranquilos, mais seguros para os banhistas são aqueles onde têm salva-vidas”, lembra o servidor Luciano Dias, salva-vidas da prefeitura há 28 anos.

Ele alerta para alguns pontos perigosos ou que exijam cuidados redobrados, como a boca do rio em Nova Almeida; as proximidades do Berro D’Água, em Jacaraípe; e a Lagoa de Carapebus.

Luciano Dias explica que caso os frequentadores tenham dúvidas a respeito das condições do mar, podem perguntar aos guarda-vidas, que informarão caso o ponto em questão ofereça riscos como buracos ou correntezas. As equipes atuam diariamente das 8h às 18 horas.

Mesmo com a presença de guarda-vidas nas praias, o cidadão precisa ter atitudes seguras para evitar acidentes. É importante ficar de olho nas crianças, evitar locais com mar agitado e nunca entrar na água após a ingestão de bebidas alcoólicas ou após refeições.  

Seguindo as dicas abaixo, a diversão nas praias da Serra estará garantida:

- Na praia, prefira ficar próximo ao posto dos guarda-vidas. Pergunte a eles como são as condições do mar naquele local, se há correntes fortes, buracos ou pedras que possam oferecer perigo;

- Não se afaste da margem. Fique em um local onde a água atinja no máximo a linha da cintura. Siga o ditado: “água no umbigo, sinal de perigo”;

- Evite nadar nos pontos onde os rios deságuam, pois as correntes nestes locais costumam ser fortes;

- É preciso tomar cuidado especial com as crianças, para que elas não se percam ou corram risco de afogamento. Poucos segundos de distração são suficientes para que uma tragédia aconteça;

- Evite entrar na água após a ingestão de bebidas alcoólicas;

- Evite entrar no mar após refeições, pois existe o risco de sofrer fadiga ou algum mal súbito, o que dentro da água pode ser fatal;

- Evite se divertir no mar usando boias, câmaras de ar ou colchões infláveis. Existe o risco da pessoa se soltar deste tipo de objeto e se afogar. Várias ocorrências de afogamento começaram por causa do uso de boias;

- Muito cuidado ao tentar salvar uma vítima de afogamento, caso você não tenha conhecimento técnico para isso. Caso presencie um afogamento, chame imediatamente pelo socorro e tente jogar objetos flutuantes em direção à vítima (pranchas, boias, bolas, pedaços de isopor ou mesmo uma garrafa pet vazia e fechada);

- Atenção para o horário de trabalho dos guarda-vidas nas praias da Serra: eles atuam diariamente das 8h às 18 horas;

- Evite brincadeiras que possam provocar algum acidente dentro d’água;

- Evite a área de arrebentação de ondas;

- Evite entrar no mar sozinho e prefira nadar na direção paralela à praia. Não seja imprudente: mesmo quem sabe nadar pode sofrer afogamento;

- Se perceber o mar muito agitado, evite entrar na água naquele momento;

- A maior parte destas dicas acima serve também para quando estiver se divertindo na água doce. Mas atenção: em rios e lagoas é mais difícil flutuar.